sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Julgar X Exortar


Para aqueles que, espiritualmente falando, parecem não discernir entre a boca e o nariz, que ao se depararem com verdades que colocam em risco suas escolhas carnais, se auto-defendem caindo no próprio laço que atribuem ao "julgar", uma vez que nos julgam de "donos da verdade", escrevo:

Nenhum ser humano alcançou o direito de exercer julgamento sobre outros, se não o próprio Filho 
de Deus, por meio de Sua morte e ressurreição. "Todos pecaram e estão destituídos da presença de Deus". Ninguém é melhor! A maior expressão de Sua Palavra é o Seu próprio Filho, o Verbo que se fez carne e habitou entre nós. Jesus dividiu a história e seus ensinos continuam a dividir a alma do homem de maneira que uma vez que tenha uma revelação de quem Ele é imediatamente se encontrará em um vale, entre a cruz e a espada, e precisará fazer uma escolha.

O que eu quero dizer é que a própria Palavra de Deus traz em sí o justo julgamento de maneira que posicionar-se citando-a, ou ainda, sob ela fundamentando argumentos, não nos torna juízes sobre ninguém, nem tão pouco superiores. Quando alguém rejeita a Palavra, não está a rejeitar aquele que a apresentou, seja como for, seja quem for, mas sim está a rejeitar o amor do próprio Deus, pois somente a Verdade liberta. 

Nos últimos anos temos aplicado o nosso coração a aprender, discernir e obedecer a Palavra, a saber toda ela, não apenas parte. Com isso temos podido sentir quão libertadora ela é, quão transformadora! No entanto caminhar pelo caminho apontado pelo Mestre é de fato estreito e mui doloroso, uma vez que mortificar nossa carne e com ela nossos desejos e valores carnais não é de maneira alguma algo fácil e bem sabemos que Jesus não disse que seria. Se o mundo fez o que fez com o Mestre imagine o que fará com os que O seguem? A questão é que são poucos os que entendem e se sujeitam a ter qualquer tipo de problema e dificuldades, nesta vida, por estar seguindo o Cristo, então o que fazem? Procuram construir sua fé sob interpretações superficiais que ofereçam alguma margem para continuarem a se embaraçar com os negócios desta vida.

Infelizmente esta é a realidade da maioria das pessoas da nossa geração denominada evangélica ou ainda "cristã". Por isso escolhemos andar na contra mão do mundo e o que nos conforta é saber que Jesus não veio trazer paz, mas espada, desta forma a divisão passa a ser natural e deve, sim, acontecer para que o mundo tenha uma referência, referência esta que tem sido ofuscada pelo testemunho de um evangelho prostituído que, de bom grado, tem sido abraçado pelas massas. Esta divisão que me refiro não se inicia do lado de fora, mas dentro. Jesus disse que no momento em que escolhesse-mos a verdade inimigos se levantariam, a começar pelos da própria casa, ou seja, nossos familiares. Quem de fato O escolheu sabe muito bem como é isso. A razão é que, fechados em sua mornidão espiritual, se tornam tão cegos que não podem se quer discernir o quanto os amamos, e que por esta razão é que insistimos na verdade ainda que esta confronte suas convicções e por isso sejamos rejeitados e tidos por "santarrões".

De fato não fomos chamados para julgar, mas há um chamado que pesa sobre todo aquele que obedece as palavras da verdade, que é exortar todo aquele que anda desordenadamente para que se arrependa e volte a caminhar pelo caminho de Vida. Se nos omitirmos de fazer isso, por auto-estima ou qualquer coisa que seja, estaremos expressando o amor com que fomos amados? Estaríamos amando o nosso próximo uma vez que estamos vendo que a luz que há nele são trevas e mesmo assim não fazemos nada? É certo que não há amor nisso! Por tanto, se hoje você tem taxado meus textos de fortes, preciso tornar a dizer, eu te amo, então arrependa-se, pois não podemos nem imaginar o que será cair na mão do Deus Vivo e muito, muito em breve estaremos todos diante dEle, onde qualquer envolvimento com o mundo jamais poderá servir para tecer algum argumento em sua defesa, pois será o dia da execução da sentença e não de julgamento, pois o julgamento já fora dado e esteve ao teu alcance o tempo todo, em Sua palavra, para que pudesse se arrepender a tempo e voltar, por completo, para Ele.


- Luciano Silva

1 comentários:

Fruto do Espírito disse...

A Paz de Cristo

Texto maravilhoso!

Estou literalmente desejando a vc e a sua família que:
Uma chuva de bençãos desça sobre sua casa!
 
_..._ ..._(... (  ...).._
  (_....__..._) _(.. (  ...)
  /(_...._)(_...._..._)\
 // / / / / | \ \ \ \
 / / / / | \ \  \
/ /  /  /  | \  \  \
♥ ♥    ♥  ♥ ♥   ♥    ♥ 
♥ ♥   ♥   ♥    ♥ ♥ ♥   ♥
♥   ♥   ♥  ♥   ♥ ♥
 ´´´, •♥♪♥♪♥♪♥♪♥♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥•
´´´¢/Λ\♥♪♥♥♪♥♥♪♥♪♥♥♪♥♪♥•
´´¢/...\♥♪♥♪♥♥♪♥♪♥♥♪♥♪♥♪♥•
´¢/๑۩ ๑_\♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥•
¢/¨๑۩۞۩๑_\´♪♥♪♥♪♥♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥
¨▓¨.♪♥♥♪.▓♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥•|||||
¨▓¨.♪♥♥♪.▓¨★★★★★★★★★★|||
¨▓¨.♪♥♥♪.▓¨★★★★★★★★★★|||
¨▓¨.♪♥♥♪.▓••••••••••••••••••••
¨♥♥======♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
¨♥♥======♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

A propósito, caso ainda não esteja seguindo o meu blog, deixo o convite.
http://frutodoespirito9.blogspot.com/

Afetuosamente,

***Lucy***

P.S. Visite também o blog do irmão Araújo. Temas bíblicos e mensagens abençoadoras:
http://discipulodecristo7.blogspot.com/

Postar um comentário

 
;