segunda-feira, 31 de outubro de 2011

O cristão e os pretextos culturais.

31 de outubro, todas as mídias apontam seus holofotes e se voltam a promover e sustentar mais uma data pagã, a saber o dia de Halloween ou "dia das bruxas", como conhecido em alguns países. Sim, o mundo chama a isso "preservação da cultura". De fato não deveria ser nenhuma novidade, afinal, como já sabemos, a bíblia declara "O mundo inteiro jaz no maligno"(I Jo 5:19). Resumindo, este é mais um dia onde esta cultura do diabo vai ou não abraçar os seus filhos, já que são vocês mesmos (pais e mães "cristãs") que os enviam para estas escolas que os educam para este mundo, não é verdade? Claro, vocês tem a melhor das intenções, tudo o que querem é que eles sejam alguém na vida e tenham um futuro promissor, mas a verdade é que o único futuro para o qual este mundo deseja projetar seus filhos, é um futuro promíscuo e não promissor, ou seja, um futuro sem Deus. 

Veja o parecer da diretora de uma escola sobre a comemoração do "dia das bruxas":
Para a diretora da unidade Tatuapé do Colégio Santa Amália, Teca Antunes, a comemoração tem sim sua importância, exatamente pelo fato da escola ser bilíngue. "Termos, por princípio, trabalhar com as crianças aspectos culturais do país falante da língua inglesa (e não apenas o idioma). Dentro disso, o Halloween é uma data importante na escola, pois as crianças canadenses têm o costume de brincar nesse dia". No dia 31, os alunos da Educação Infantil podem vir fantasiadas, já os do Fundamental 1 podem trazer adereços para que todos, no momento de intervalo, brinquem de "trick or treat" ("doces ou travessuras"), trocando doces com os colegas. Apesar de cultuar uma tradição norte-americana, Teca Antunes acredita que as comemorações não são prejudiciais ao aprendizado das crianças. "Hoje, com a globalização, as crianças brasileiras também têm acesso a essas comemorações e isso lhes permite construir conhecimentos a respeito do mundo e da forma como outras crianças, que vivem em outras partes, brincam e divertem-se".  
(fonte:http://educarparacrescer.abril.com.br/aprendizagem/halloween-395939.shtml)

Como disse, as escolas preparam o seu filho para o mundo e vocês pais são cumplices disso. O mundo e seus governos não querem que seus filhos estudem para serem alguém na vida(além do mais não há vida fora de Cristo), eles simplesmente precisam de gente formada na base da pirâmide. Pessoas condicionadas a um sistema que eles mesmos inventaram para sustentar o poder que exercem, mas isso é um outro assunto...

Halloween, embora apresente um nivel de rejeição maior entre os cristãos, não é a única comemoração pagã do calendário, há muitas outras como por exemplo o dia de natal que se aproxima. Sim, o natal é e sempre foi uma comemoração pagã disfarçada de "cristã", porém grande parte dos cristãos modernos continuam a jogar este jogo do diabo. Estes dias ouvi um filho de um "cristão" todo eufório contando que no natal vai ganhar muitos presentes. Eu pergunto esta criança está sendo ensinada no caminho em que deve andar? Claro que não, mas até que ela mesma tenham consciência deste engano, a culpa é dos seus pais que dizem ter nascido de novo, que dizem estar em Cristo, que dizem estar separados deste mundo, quando na verdade tudo o que fazem é seguir cinco ou seis regrinhas como bons religiosos, enquanto continuam vivendo como sempre viveram neste mundo e para este mundo. Para estes vou deixar alguns versículos com a esperança de que olhem para seus próprios corações, se arrependam e voltem para o Senhor. 

• "Filhinhos, vós sois de Deus, e já os vencestes, porque maior é o que está em vós do que o que está no mundo. Eles são do mundo, por isso falam do mundo, e o mundo os ouve. Nós somos de Deus, e quem conhece a verdade nos ouve; mas aquele que não é de Deus não nos ouve. Nisto reconhecemos o espírito da verdade e o espírito do erro." I João 4:4-6

• "Não ameis o mundo, nem o que há no mundo. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Pois tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo." I João 2:15-16

• "Adúlteros e adúlteras, não sabeis que a amizade do mundo é inimizade com Deus? Portanto qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus". Tiago 4:4

• Mas longe esteja de mim gloriar-me, a não ser na cruz do nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim, e eu para o mundo". Gálatas 6:14

• "Se fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu. Mas como não sois do mundo, antes dele, vos escolhi, é por isso que o mundo vos odeia". João 15:19

Se você não está sendo rejeitado por este mundo isso significa apenas uma coisa: seu cristianismo não é cristianismo algum e não sou eu quem o está julgando, mas a própria palavra de Deus, a qual foi anunciada por Jesus e os apóstolos. 

Se é que verdadeiramente entenderam o sacrifício de Jesus para resgatá-los das trevas, então parem de se sujeitar aos moldes deste mundo e serem complacentes com suas mentiras e engodos sob pretexto cultural. 

2 comentários:

kenninho disse...

Às vezes é dificil pra criança entender os nãos que damos a ela, mas com certeza se ensinarmos o caminho em que ela deve caminhar conforme Pv22:6, ela compreenderá com sucesso pra si mesmo. Digamos não às festas pagãs. Glória a Deus que nos dá o discernimento atraves do Espirito Santo.Kenninho.

Fluvia Karla disse...

É por isso que nós tiramos nossos filhos da escola, e estamos educando-os em casa (homeschool.
Abraços.

Postar um comentário

 
;